Público Alvo

Crianças
Adolescentes
Jovens
Adultos
Idosos
Mulheres
Homens
Famílias
Portadores de Deficiência
Desempregados
Detentos
Moradores de Rua
  • slide-regiaoabc.jpg
  • slide-busca.jpg
  • Direitos Humanos

É uma Autorização Especial para o estacionamento de veículos em vagas especiais sinalizadas com a legenda “IDOSO”.

Para estacionar nos lugares reservados, o idoso não precisa ser o motorista, pois o benefício também é válido se o idoso for passageiro.

Ao estacionar o carro na vaga especial, o motorista deve deixar o Cartão do Idoso sobre o painel do veículo de forma visível e com a frente voltada para cima.

O Cartão Idoso também poderá ser usado como referência para estabelecimentos particulares, que reservem vaga específica de estacionamento para pessoas idosas.

É importante lembrar que o Cartão do Idoso não garante a gratuidade nas vagas especiais em áreas de Zona Azul. Ao deixar o carro nessas vagas, é preciso respeitar as normas que exigem o uso da folha de Zona Azul e permitem apenas o estacionamento por um prazo máximo de 2 horas.

Por isso, nas vagas especiais, em área de estacionamento rotativo pago Zona Azul, além do Cartão Idoso, o usuário deverá utilizar também o Cartão Zona Azul.

 

Atenção: Qualquer motorista que estacione em uma vaga para idosos, sem o cartão, inclusive quem tiver mais de 60 anos, será multado e poderá inclusive ter o carro guinchado. A infração é leve, punida com multa de R$ 53,20 e três pontos na carteira de habilitação.

 

Quem pode fazer o Cartão do Idoso?

O uso das vagas exclusivas para idosos, estabelecidas pela Lei Federal, é direito de todas as pessoas acima de 65 anos de idade. Na cidade de São Paulo, porém, a Secretaria Municipal de Transportes ampliou esse direito para pessoas acima de 60 anos.

 

Como obter?

O pedido do Cartão do Idoso pode ser feito pela Internet ou pessoalmente.

 

Pela Internet

Para pedir o cartão do idoso pela internet, o interessado deve acessar o link e fazer seu cadastro no Sistema Unificado de Autorizações Especiais – SMT/DSV e seguir as instruções apresentadas pelo sistema.

No fim, deve imprimir uma cópia do requerimento, assiná-la, juntar cópia simples dos documentos relacionados abaixo e encaminhar tudo ao Setor de Autorizações Especiais do DSV (DSV-AE), na rua Sumidouro, 740 - Pinheiros, CEP 05428-010.

 O acompanhamento do pedido deve ser feito pela internet, onde ficará registrado quando o cartão estará pronto e poderá ser retirado no DSV.

O prazo entre a chegada dos documentos ao DSV e a entrega do cartão é de aproximadamente 10 dias.

Documentos necessários (cópia simples):

- Cadastro de Pessoas Físicas (CPF)

- Cédula de Identidade (RG)

- Comprovante de residência na cidade de São Paulo, referente ao último mês anterior ao do pedido

 

Pessoalmente

O solicitante também pode dirigir-se diretamente ao Setor de Autorizações Especiais do DSV (DSV-AE), na rua Sumidouro, 740 - Pinheiros, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, levando a cópia simples dos seguintes documentos:

 - Cadastro de Pessoa Física (CPF)

- Cédula de Identidade (RG)

- Comprovante de residência na cidade de São Paulo, referente ao último mês anterior ao do pedido.

No local, será preciso preencher o requerimento e, caso esteja tudo correto, o cartão será emitido no ato.

Representante legal: O Cartão do Idoso poderá ser solicitado por representante legal, devidamente comprovado. Nesse caso, além dos documentos do idoso, o representante deverá levar cópia simples de seu RG e da representação legal.

 

A obtenção do Cartão Idoso é totalmente gratuita.

 

Validade

Os cartões têm validade de cinco anos, período após o qual deverão ser renovados por meio de um procedimento semelhante ao da primeira solicitação.

 

Clique aqui e leia a resolução que dispõe sobre as vagas exclusivas para idosos:

 

O benefício foi regulamentado pela Portaria SMT.GAB nº 017/10, de 13/03/10.

 

Dúvidas? Ligue 156.

 

sicak video

film izle

sicak video

Film izle

film izle