Título de Eleitor

O título é o documento que comprova que você é eleitor. Além disso, o título e os comprovantes de votação são exigidos em várias situações, como na contratação para trabalhos formais, tirar ou renovar documentos como passaporte ou CPF, conseguir financiamentos, efetuar matrícula em colégios e faculdades, vender imóveis, participar em concursos e assumir cargos públicos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem deve tirar o Título

 

O Título de Eleitor é obrigatório para todas pessoas entre 18 e 70 anos e facultativo (opcional) para:

  • jovens entre 16 e 18 anos;
  • analfabetos;
  • maiores de 70 anos.

 

Documentos Necessários
  • RG original (ou certidão de nascimento ou casamento);
  • comprovante de endereço (conta que contenha nome e endereço);
  • Para homens: comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de janeiro do ano em que completar 19 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).

 

Onde Tirar o Título de Eleitor

 

Para tirar o Título Eleitoral você deve procurar o Cartório Eleitoral mais próximo de sua residência.

 

Veja aqui os endereços dos Cartórios Eleitorais da cidade de São Paulo

 

 

 
Observações:
  • Em alguns cartórios, o título de eleitor fica pronto na hora; em outros, é preciso aguardar um período de 90 dias para retirá-lo.

  • Em anos de eleição, o prazo máximo para tirar o título é de 150 dias antes da data da eleição.

  • Para solicitar a 2ª via do título, você deve se dirigir ao Cartório Eleitoral no qual está inscrito, levando o RG. O pedido pode ser feito até 10 dias antes da eleição. O serviço é gratuito.

  • Em caso de mudança, você pode fazer a transferência de Título. Para isso, você deve se dirigir até o Cartório mais próximo da nova residência levando:
    • Título de Eleitor;
    • Comprovantes das votações anteriores;
    • RG;
    • Comprovante do atual endereço.
 

 

 

Justificativa

 

Justificativa eleitoral no dia da eleição

O voto é obrigatório. Caso esteja fora de seu domicílio eleitoral (cidade onde vota) no dia da eleição, você deve justificar sua ausência. Para isso, o próprio eleitor deve comparecer em qualquer seção eleitoral levando um documento de identidade e o título ou, na ausência dele, o seu número correto e preencher um formulário que é fornecido gratuitamente na própria seção eleitoral. Atenção: não existe mais justificativa nos Correios.

 

Quem não votou e não se justificou

O eleitor que não votou e nem se justificou no dia da eleição tem o prazo de até 60 dias, a contar da data da eleição, para justificar sua ausência nas urnas. A justificativa pode ser feita em qualquer cartório eleitoral. O eleitor deverá portar seu documento de identidade, bem como documentos que comprovem o motivo de sua ausência ao pleito. Ultrapassado o prazo, será cobrada uma multa para que haja a regularização da situação do eleitor.

 

Justificativa do eleitor que estiver no exterior no dia da eleição

O eleitor que estiver no exterior no dia da eleição, terá o prazo de 30 (trinta) dias, a contar de sua volta ao País, para justificar a sua ausência, comprovada através do passaporte, da passagem ou equivalente, em qualquer Cartório Eleitoral.

 

Quantas vezes o eleitor pode se justificar?

A ausência na eleição pode ser justificada quantas vezes for necessária. Porém, o eleitor que deixar de votar por três eleições consecutivas e não se justificar ou pagar multa, terá o seu título cancelado.

 

 

Inscrição cancelada

 O eleitor pode ter sua inscrição cancelada por diversos motivos além de falecimento: decisão judicial, revisão eleitoral, ausência em 03 (três) pleitos consecutivos sem justificativa. Nesses casos o eleitor deve procurar qualquer cartório eleitoral portando um documento de identificação e, se houver, o título de eleitor.

 

voltar ao topo

 

sicak video

film izle

sicak video

Film izle

film izle