Cartão BOM
Tags: Idosos Mulheres Portadores de Deficiência Desempregados São Paulo

O cartão BOM foi criado com o intuito de facilitar a utilização das passagens nas linhas metropolitanas de São Paulo e é destinado aos usuários que utilizam:

  • Linhas de ônibus intermunicipais;
  • Linhas de ônibus operadas pela empresa Metra: São Mateus/Jabaquara (a linha opera através de um corredor criado para ligar a cidade de São Paulo à Região do ABC através de vias exclusivas) e Diadema/Berrini (corredor criado para ligar a região de Diadema a região Sul de São Paulo);
  • No sistema metroferroviário na estação Palmeiras–Barra Funda (Metrô e CPTM) e na estação Grajaú (CPTM);
  • Nas linhas municipais dos municípios de Arujá, Carapicuíba, Cotia, Embu-Guaçú, Ferraz de Vasconcelos, Mairiporã, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Caetano do Sul e Taboão da Serra.

Algumas Estações da CPTM também passaram a utilizar o cartão BOM como forma de pagamento de passagem:

 

Armênia 

Metrô
Brás  Metrô e CPTM
Caieiras  CPTM
Carapicuíba CPTM
Carrão  Metrô
Comendador Ermelino  CPTM
Corinthians-Itaquera  Metrô e CPTM
Estudantes  CPTM
Grajaú  CPTM
Guaianazes  CPTM
Itaim Paulista  CPTM
Itapevi  CPTM
Itaquera  Metrô e CPTM
Mogi das Cruzes  CPTM
Osasco  CPTM
Palmeiras-Barra Funda  Metrô e CPTM
Penha  Metrô
São Caetano  CPTM
São Miguel  CPTM
Tucuruvi  Metrô

 

 

Para efetuar o cadastro e ter acesso ao cartão, o usuário deverá dirigir-se a uma das Lojas do Cartão BOM, portando CPF, RG e Comprovante de Residência. Caso prefira, o Cartão poderá ser solicitado por meio site ( http://comum.cartaobom.net/AddUser.aspx).

Após realizado o cadastro, o Cartão Comum poderá ser retirado imediatamente na loja em que fora sinalizada durante o cadastro.

A retirada do cartão Comum deve ser feita pelo próprio usuário, que deverá portar seu RG original.
Caso a retirada seja feita por um 3º, será necessária a apresentação de uma carta de autorização, datada e assinada pelo solicitante na qual deverá ser autorizada a retirada do cartão pelo 3º. Além disso, a pessoa deverá portar o RG original do solicitante e seu próprio RG.

Limite de utilização diária do Cartão BOM Comum: 20 vezes por dia.

 

2ª Via Cartão BOM Comum

Em caso de perda ou roubo do cartão BOM Comum, o usuário deverá entrar em contato com a central de atendimento pelo telefone: 0800-7711800, de segunda a sábado das 7h às 20h, solicitando o cancelamento do cartão. Ou então, o usuário poderá dirigir-se pessoalmente em uma das Lojas do Cartão BOM, de segunda a sexta-feira das 9h às 16h30 e aos sábados das 9h Às 12h, para efetuar o cancelamento e a emissão da 2ª via. Para conseguir a segunda via, o usuário deverá pagar uma taxa em dinheiro no momento da retirada do novo cartão.

 

Endereço de lojas cadastradas na Cidade de São Paulo: 

 

Rua Dona Maria Carolina, 745 - Pinheiros - São Paulo - SP
Atendimento: de 2ª a 6ª feira das 9h às 16h30.
Aos sábados das 9h às 12h.

Rua Domingos de Morais, 1.297 - Vila Mariana
São Paulo - SP.
Atendimento: de 2ª a 6ª feira das 9h às 16h30.
Aos sábados das 9h às 12h.

 

Para saber mais informações de como adquirir o cartão BOM comum clique aqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Para garantir a isenção da tarifa nos ônibus metropolitanos urbanos, os idosos com idade igual ou superior a 65 anos, devem se dirigir a uma das Lojas do Consórcio Metropolitano de Transportes (CMT), portando os seguintes documentos:

  • CPF (original)
  • RG (original)
  • Comprovante de residência recente no período máximo de três meses (original)

 




 A isenção da tarifa nos ônibus metropolitanos urbanos é garantida a portadores deficiência, cuja gravidade comprometa sua capacidade de trabalho e aos menores de 16 anos, com deficiência. Têm direito à este benefício os deficientes físicos, auditivos (casos graves e alunos que freqüentam escolas especiais), visuais, mentais e múltiplos; além de portadores de doenças incapacitantes. A gratuidade não é válida para quem tem vínculo empregatício.

Para fazer o bilhete que garante a gratuidade, o interessado deve procurar uma Unidade de Saúde do SUS credenciada, onde será avaliado por uma equipe de profissionais que emitirá um laudo médico comprovando a deficiência. Para ter acesso às Unidades Credenciadas, clique aqui.

Em seguida o usuário deve ser agendar, por telefone, um horário de atendimento no Centro de Atendimento ao Passageiro Especial (CAPEs). Telefones para agendamento:

5021-3838/ 5021-4224/ 5021-4343
(de 2a. a 6a feira, das 8 às 17h)

ou 0800 724 05 55, (de 2a. a 6a feira, das 7 às 19h).

 

Capes

CAPEs Leste Brás: : Rua 21 de Abril, 1.000 (próximo à Estação Bresser do Metrô)

CAPEs Sul Jabaquara: Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 2.654 -Jabaquara

 

No dia e hora agendado, o usuário deve levar os seguintes documentos:

  • Laudo médico do posto credenciado (laudo com o selo de segurança)
  • Exames com laudo médico (RX, Tomografia ou Ressonância que comprovem a patologia do CID apresentado no laudo)
  • Relatório Médico recente com CID
  • Carteirinha da EMTU/SP antiga (em caso de renovação)
  • Declaração de Extravio (em caso de perda/extravio) ou Boletim de Ocorrência (em caso de roubo/furto)
  • RG (documento de Identidade Oficial) original e em bom estado
  • RG original e em bom estado do(s) acompanhante(s) MAIORES DE 16 ANOS (se o CID permitir acompanhante). Para quem necessita de acompanhante, é OBRIGATÓRIA a presença de um dos acompanhantes com RG original. O acompanhante reserva deverá enviar RG original e em bom estado
  • Certidão de Casamento (para mães que utilizam RG com nome de solteira) com Averbação (se separada)
  • Comprovante de residência (original e recente)
  • Carteira Profissional (para maiores de 16 anos) - todas as carteiras que possuir
  • Carta de concessão de aposentadoria, LOAS ou outro benefício
  • Último carnê do INSS - se tiver (para contribuintes individuais)
  • INSS - CNIS / Vínculos Empregatícios (se a CTPS estiver sem registros ou último registro anterior a 6 meses)
  • Guia de afastamento e holerite recente (em caso de funcionário público estatutário)
  • Agendamento da nova perícia ou comprovante da última perícia no INSS com período de concessão do benefício
  • Termo Judicial de Guarda ou Tutela RECENTE (para menores de 18 anos que não residam com os pais)

Menores de 18 anos deverão comparecer com documentos originais acompanhados de responsável legal (pai, mãe ou tutor).

Se a documentação estiver correta, o BOM Especial é emitido no mesmo dia. A validade do benefício é de 6, 12 ou 24 meses, dependendo da deficiência.

Para obter mais informações junto à EMTU, clique aqui.

 


É garantido à estudantes e professores um desconto de 50% nas tarifas dos ônibus metropolitanos urbanos, no trajeto entre a casa e o estabelecimento de ensino, quando a distância for maior de 1Km.
Têm direito ao benefício professores do ensino infantil, e professores e alunos do ensino fundamental, médio, cursos técnicos (equivalentes ao ensino médio), cursos de educação profissional (com duração mínima de 2 anos), cursos de graduação e cursos de pós-graduação.
Para solicitar o BOM Escolar é preciso solicitar que instituição de ensino cadastre no site da EMTU os dados do aluno ou do professor. Após o cadastro o interessado deve entrar no site da EMTU para preencher o formulário de requisição, pagar uma taxa e juntar os seguintes documentos:

• Cópia simples do RG;
• Cópia do comprovante de endereço atualizado (últimos três meses), em nome do estudante/professor ou de seus pais/responsáveis;
• O estudante que cursar o Nível Técnico deverá anexar uma cópia do Certificado de Conclusão ou Atestado de que está cursando o Ensino Médio;
• O estudante que cursar pós-graduação deverá anexar o comprovante dos dias em que freqüenta a Instituição de Ensino;
• Fotografia recente, tamanho 3 X 4 cm.

Os documentos devem ser entregues a instituição de ensino que emite o cartão e devolve à instituição para que encaminhe aos estudantes e professores.

 

 



Carteira de transporte gratuito que tem validade de 28 dias, destinada a pessoas desempregadas a mais de 60 dias e menos de 180 dias, que residam ou tenham trabalhado na região do Corredor Metropolitano de Trólebus EMTU (ABCD).

Para fazer a carteira, o interessado deverá se dirigir à garagem da empresa Metra situada na Rua Joaquim Casemiro, 290, em São Bernardo do Campo, Parada Cecon dos trólebus, portando os seguintes documentos:

  • Comprovante de residência;
  • Carteira de trabalho;
  • Termo de rescisão de contrato e uma cópia do mesmo.

O horário de atendimento é das 9h - 16h.

 

 

Para garantir a isenção da tarifa nos ônibus intermunicipais metropolitanos, os policiais militares e guardas civis metropolitanos fardados não precisam de cartão, basta que se identifiquem junto ao motorista.

 



Para garantir a isenção da tarifa nos ônibus intermunicipais metropolitanos, os carteiros uniformizados em serviço não precisam de cartão, basta que se identifiquem junto ao motorista.

 

 

 

sicak video

film izle

sicak video

Film izle

film izle