Polícia Civil
policiacivil
A Polícia Civil é aquela que atua depois que um crime ocorre, buscando esclarecer o que aconteceu.  Em seu trabalho cotidiano, a polícia civil registra as ocorrências, coletando as primeiras informações por meio do Boletim de Ocorrência (BO) e, em seguida, passa a elaborar o Inquérito Policial (IP). O inquérito é presidido pelo delegado de polícia que procura ouvir o depoimento de testemunhas do caso, determina que seus investigadores reúnam provas e solicita à polícia científica a elaboração de perícias e laudos sobre a ocorrência.

Quando o delegado acredita ter encontrado o provável autor do crime, este é indiciado, o que significa que as investigações se concentrarão nele, e que, a partir de então, ele pode solicitar um advogado de defesa ao ser interrogado. Após o delegado reunir todas as informações possíveis para o esclarecimento do caso, o Inquérito Policial é enviado ao Ministério Público, que vai analisar e decidir se oferece denúncia, pede mais diligências ou pede o arquivamento do caso.

A polícia civil também atua para cumprir decisões da justiça, como mandados de prisão e de busca e apreensão.

Ao contrário da polícia militar, na maior parte do tempo a Polícia Civil anda sem farda, “à paisana”, já que muitas vezes, durante o trabalho de investigação, eles precisam passar sem serem percebidos e sem chamar a atenção.  No entanto, durante as operações policiais que envolvem o cumprimento de uma decisão da justiça, os policiais civis utilizam identificações em coletes, camisas e nas viaturas, que possuem adesivos e sirenes.


POSTOS


As principais funções relacionadas à polícia civil são:

Delegado: em geral, delegados de polícia civil atuam conduzindo e relatando as investigações de crimes. Cotidianamente os delegados tomam o depoimento de acusados, vítimas e testemunhas, determinam a coleta de evidências e solicitam a elaboração de perícias e laudos. Além disso, os delegados também têm autoridade para registrar prisões em flagrante, cumprir ordens judiciais e lavrar termos circunstanciais (nos casos de crimes de menor potencial).

Investigador: sob orientação do delegado, o investigador tem como principal função ir à campo em busca de testemunhas, provas e informações que auxiliem a elucidar crimes.

Escrivão: é responsável pela elaboração, andamento, manutenção e arquivo dos documentos produzidos em uma delegacia de polícia.

Papiloscopista: é o policial especializado em identificação humana por meio de impressões digitais, atuando tanto no cadastro destas impressões, quanto na identificação de criminosos, suspeitos e vítimas.

Perito: busca, por meio de indícios materiais, elementos que possam auxiliar a esclarecer episódios que são objeto de investigação. Em geral, após exames e testes o perito escreve um laudo atentando o que as evidências encontradas indicam. Por se tratar de um trabalho bastante específico, existem peritos de diversas áreas de especialidades, como médicos, físicos, fotógrafos, químicos, etc.
 

sicak video

film izle

sicak video

Film izle

film izle